os arruinados pelo êxito

socorro,
há um diabo cozinhando lentamente dentro de mim. fogo brando.
o gosto de aipo da derrota vai grudando nas paredes.

onde o açúcar da poesia,
onde?

 

(Clara Cruz)