menina rima

A rima é menina:
me mima, me nina.

Me deita em seu colo
e eu sonho bem assim:

As línguas são feitas pras rimas.

Só que a língua não rima com nada:
só com íngua míngua suínga.

Mas a rima mas a rima
a rima já rima com tudo,
a rima dá a volta por cima:

anima
aproxima
me envaidece me domina.

Rima menina, fonte de prazer,
me concede a tua magia
pr´a eu sempre renascer.

 

(Clara Cruz)

← Ver outros poemas